segunda-feira, 31 de outubro de 2011

FORAGIDOS SÃO ENCONTRADOS EM LARANJAL

Ao serem capturados,disseram estar foragidos do Pará
           Patrulhando as ruas do bairro Cajari, uma viatura policial, do 11º Batalhão, encontrou na Rua Aracaju, dois homens que ao perceberem o carro policial, tentavam evitar o contato com aqueles aplicadores da Lei.
           Quando abordados, os homens disseram ao Sgt Iran Soares que são foragidos, oriundos do vizinho Estado do Pará, sendo, respectivamente: Luiz Fábio Paixão Nascimento (20 anos), que disse estar sendo procurado pelo cometimento de um homicídio, na cidade de Almeirim; seu companheiro, Francivaldo Ramos Viana (31 anos), disse estar sendo procurado pelo cometimento de um homicídio na cidade de Santarém.
           Ambos foram conduzidos à delegacia para fins de esclarecimentos do caso, segundo as observações escritas no Boletim de Ocorrências nº 624/2011-PM.

domingo, 30 de outubro de 2011

QUEM CONFIA NO RATO PODE PERDER O QUEIJO

           Segundo os dados do Boletim de Ocorrências nº 622/2011-PM, neste sábado, 29 de outubro de 2011, por volta das 22h10min, O Sgt Iran Soares e sua equipe, atenderam a uma ocorrência na Avenida Liberdade, bairro Agreste, onde o homem vitimado, Waldemir T. N. (45 anos), disse aos policiais que iniciou a construção de um imóvel, contratando para o trabalho um pedreiro de nome Jagno S. B. (32 anos); este por sua vez, solicitou ao dono da obra, que lhe permitisse alojar-se, temporariamente, na construção, visto que não tinha paradeiro.
           Tudo ia bem, até que na tarde deste sábado, vizinho viram Jagno retirar da obra, dois sacos de cimento em uma motocicleta, complementando que à noite ele retornou à construção, de onde levou algumas varas de ferro, além de outros materiais de construção; para isso, usando o caminhão de Luiz N. A. (43 anos).
           O fato foi comunicado ao dono do imóvel, que de imediato ligou para o Telefone de emergência 190 e narrou o fato ao atendente.
           As partes foram levadas à delegacia para fins de esclarecimento do caso, tendo em vista, a afirmação do proprietário da casa em construção, de que não autorizou a retirada de seus bens do endereço do crime.

MULHER É PRESA DEPOIS DE CORTAR ROSTO DE MENOR

           Uma guarnição policial comandada pelo Sgt Iran Soares deslocou-se até a Avenida Macapá, bairro Castanheira, onde encontrou um caso de Lesão corporal, em que a agressora, Iranilce Ramos Varela (34 anos), cortou com um copo o rosto de R. S. L. (14 anos).
           A autora do crime falou aos policiais que, haviam lhe dito que aquele menor teria prometido matá-la na primeira oportunidade que tivesse, então, segundo ela, sabendo o risco que corria, decidiu antecipar-se, e com isso tentou cortar-lhe o pescoço, conseguindo atingir somente seu rosto.
           O fato ocorreu por volta das 21 horas deste dia 29 de outubro de 2011, e, com base nesses dados os policiais lhe deram voz de prisão, e ato contínuo, a conduziram à delegacia para que o delegado tome as providências legais; conforme cirta o B. O. nº 620/2011-PM.

sábado, 29 de outubro de 2011

IRMÃOS, APÓS BRIGA, ACABAM NO HOSPITAL E NA DELEGACIA

           Consta no boletim de Ocorrências nº 618/2011-PM, que José Maria D. C. (39 anos), e seu Irmão Jacinei C. S. (27 anos), iniciaram uma discussão que progrediu ao ponto de travarem luta corporal com um deles lesionado.
           A equipe policial comandada pelo Sgt Iran Soares foi designada para atender à ocorrência e, ouviu da pessoa ferida o relato de que seu irmão havia chegado à sua casa, possivelmente embriagado, e começo a lhe proferir ofensas; e não resistindo aos insultos, investiu contra seu ofensor indo às vias de fato.
           O homem, apossado de um pedaço de madeira, partiu contra seu oponente e o golpeou várias vezes, lesionando-o.
           Os policiais providenciaram a remoção de ferido para o Hospital Estadual de Laranjal do Jari e, o invasor à delegacia, para fins de esclarecimento do caso, conforme os dados contidos no documento já mencionado.

ADOLESCENTE COMETE SUICÍDIO EM LARANJAL DO JARI

           Neste sábado, por volta das 7h15min, a Central de Operações do 11º Batalhão recebeu uma ligação telefônica informando mais um caso de suicídio, aqui em Laranjal do Jari.
           O Oficial de Área, Tenente Leomiro foi até o lugar, na Rua Rio Branco, onde, segundo o vizinho, Sr. Gaspar (54 anos), ao chegar em sua casa, às 7 horas, avistou o adolescente Wemerson Lopes da Luz (15 anos) pendurado em uma corda. Disse, ainda, que rapidamente correu para o local do enforcamento, e como percebeu sinais vitais no jovem, cortou a corda e pediu socorro aos vizinhos, que conseguiram abordar uma viatura do Corpo de bombeiros que por ali passava, levando o adolescente ao Hospital de Laranjal do Jari.
           De acordo com as informações dos socorristas do Corpo de Bombeiros, apesar do esforço feito para salvar a vida do jovem, ele não reagiu, indo a óbito ao dar entrada na emergência do Pronto Socorro.
           O Tenente Leomiro, soube, ainda, que Wemerson de 15 anos, trabalhava como “engraxate”, era natural de Sobral, no Ceará e era conhecido pela alcunha de “Sargento”. O motivo do suicídio, até o momento não foi esclarecido.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

GRUPO DE JOVENS É DETIDO POR ATO OBSCENO

           Nesta sexta-feira, um grupamento do Corpo de Bombeiros de Laranjal do Jari, encontrava-se ministrando instruções aos Bombeiros Mirins, participantes do Projeto de Cidadania daquela Instituição, quando alguns banhistas do Cais de arrimo do Porto do Santarém, passaram a incomodar o grupo de instrutores e alunos, proferindo obscenidades e expondo suas nádegas e genitálias.
           A Polícia Militar foi acionada para orientar a solução do problema e, depois de ouvir os militares, tomou a providência de conduzir à delegacia, o menor K. S. B. (17 anos), e seus companheiros Gleidison A. P. G. (20 anos), Emerson E. F. M. (19 anos) e Pedro Paulo H. do E. S. (19 anos), os quais foram apresentados ao Delegado para justificarem aquele comportamento lascivo, visto que a infração tipificada no Código Penal Brasileiro, é punível com detenção de 3 meses a 1 ano ou multa.
           O fato aconteceu por volta das 10 horas, de acordo com as anotações do Boletim de Ocorrências nº 617/2011-PM.

MULHER É SURRADA EM VIA PÚBLICA, NA MADRUGADA

           Populares ligaram para a Central de Operações da Polícia Militar, e informaram à atendente que, na Passarela Santo Antonio estava havendo um caso agressão a uma mulher, próximo à Avenida Tancredo Neves.
          Chegando lá, a guarnição policial comandada pelo Sgt Enilson, encontrou Marlúcia A. S. (41 anos), que narrou aos policiais que Manuel A. R. C. (37 anos) a agredira a “socos e chutes, em plena via pública”.
          Os policiais, durante a abordagem, que aconteceu por volta das 02h30min, desta sexta-feira, 28 de outubro de 2011, reconheceram o acusado como sendo contumaz em ocorrências análogas, e, a pedido da vítima, entraram na residência e o levaram à presença da autoridade policial civil, para que sejam esclarecidos os detalhes do caso, de acordo com as informações consignadas no B. O. nº 615/2011-PM.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

HOMEM AMEAÇA ESPOSA, DEPOIS DE BEBER DURANTE TRES DIAS

            O Sgt Fialho e sua equipe de policiais foram chamados para atenderem a uma ocorrência, na Rua da Saudade, onde os fatos davam conta de que havia um caso de violência doméstica em andamento.
           Os policiais chegaram ao lugar, e lá, encontraram a Senhora Sandra M. G. D. (31 anos), apresentada como vítima, que disse aos policiais que seu marido, Jarbas S. D. (41 anos), vem se embriagando há cerca de três dias e que, hoje as doses ingeridas produziram um efeito mais agressivo na mente daquele cidadão, fazendo-lhe ameaçar, perigosamente, a mulher. E ela, na tentativa de salvar-se do risco iminente, pediu socorro à Polícia Militar, que depois de conversar com o suposto agressor, sem qualquer resistência, o conduziu à Delegacia de Crimes Contra a Mulher, a fim de ser esclarecido o fato perante a autoridade policial civil, de acordo com os dados constantes no B. O. nº 614/2011-PM.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

MOTOCICLISTA É ACIDENTADO AO SAIR DE OFICINA MECÂNICA

           Nesta terça-feira, 25 de outubro de 2011, ocorreu um acidente de trânsito, onde a motocicleta Honda Tornado, de placa NFA 1120, ao sair de uma oficina mecânica localizada na Avenida Liberdade, bairro Agreste, próximo à Câmara Municipal, foi atingida pelo automóvel Fiat Siena de placa NEN 7613, conduzido por Renison V. F. M. (24 anos), que deslocava-se naquela pista de rolamento.
           O caso foi atendido pela equipe policial; que ouviu as narrativas das partes, e verificou que os veículos foram retirados do local do sinistro, não obstando o serviço pericial.
           O fato ocorreu por volta das 14h30min, e tendo em vista essas circunstâncias, o condutor da motocicleta, Rubem A. B. J. (33 anos), foi levado ao Hospital Estadual de Laranjal do Jari, para receber os cuidados médicos, nas lesões obtidas e, as partes assinaram um termo de compromisso, a posteriori, levarem a termo as reparações devidas, conforme os dados do BOAT nº 085/2011-PM.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

NOTA

           Venho, por meio deste, demonstrar meu desapontamento diante dos eventos presenciados no dia 22 de outubro do corrente ano no ginásio da Praça João da Silva Nery, Laranjal do Jari/AP.
          Compareci ao evento intitulado “V JARI FIGHT CHAMPIONSHIP” objetivando prestigiar os atletas de nosso município, porém o presenciei foi uma “chuva” de objetos: cadeiras, latas, dentre outros, o que acarretou a saída prematura de diversas pessoas que pagaram ingresso e não obtiveram o lazer prometido.
           Sempre me considerei um incentivador do esporte Artes Marciais Mistas, mais conhecido como vale-tudo. Conheço alguns atletas, treino e até patrocino suas idas à capital do estado, no entanto me sinto obrigado a declarar que tais eventos estão deteriorando a imagem do município que, com bastante empenho, lutamos para deixar seguro. Deteriorando não pelo nível dos atletas, mas pelo comportamento de indivíduos que aproveitam o ensejo para revelar o quanto são capazes de cometer baixarias. Pura molecagem.
           De antemão, peço desculpas aos lutadores e àqueles que sabem apreciar o esporte, porém, a partir da data citada, sinto-me obrigado a me posicionar contra a promoção de tais eventos até que o sentimento de vergonha se apodere do coração dos que ocasionaram o degradante espetáculo.

           Laranjal do Jari-AP, 24 de outubro de 2011.

           DELEGADO ABRAÃO TRANI DE ALMEIDA



           COMENTÁRIO À NOTA

           Eu, mesmo não estando presente no evento, ratifico a nota publicada pelo delegado Abraão, considerando a leitura do relatório dos do Oficial de serviço, e tudo o que ouvi sobre o episódio, inclusive de atletas que tiveram suas performances prejudicadas.
           Um desses atletas, que não lutou porque a Polícia Militar exigiu o encerramento imediato do evento por falta de segurança, disse: “Os próprios políticos da cidade, fazem apostas, e não pagam, depois vão brigar, e os seguranças não podem botar eles pra fora, aí querem ter moral (desabafou)”.
           Nossa crítica é que grandes eventos exigem um planejamento, tanto de logística, quanto de segurança; então, vejamos: se os seguranças do evento não conseguem retirar os envolvidos nas desordens por serem eles pessoas influentes na cidade, então, as autoridades precisam opinar mesmo pela extinção das competições de Lutas, afinal, em todos eles houve algum tipo de confusão, resultando no arremesso de cadeiras, latas de bebidas e outros objetos; com pessoas lesionadas e outras levadas à delegacia. Daí a nossa adesão a esse repúdio.

            Tenente-Coronel Ludfrankson – Comandante do 11º Batalhão PM

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

LIGAÇÃO ESTRANHA DEFLAGRA BRIGA ENTRE CASAL

           Populares ligaram para o telefone de emergência do 11º Batalhão, informando que havia uma briga na passarela da Mangueira, no bairro Malvinas.
           O Sgt Iran Soares foi acionado para atender à ocorrência, e estando no local do fato, encontrou Geane N. R. (21 anos), tentando expulsar seu companheiro, da casa onde vivem maritalmente.
           A razão da discórdia, apresentada aos policiais é a seguinte: o homem alegou que gosta de jogar vídeo game, mas a esposa não admite que ele perca seu tempo jogando; ela, por sua vez disse que não é verdade; acrescentando que o verdadeiro motivo da querela foi um “estranho número de telefone celular”, que misteriosamente, apareceu na agenda telefônica do homem. Ela, então, ordenou que ele sumariamente, deixasse sua residência, levando, de imediato todos seus pertences.
           Geane, que se encontra no sexto mês de gravidez, foi orientada a acalmar-se e, acompanhando a equipe policial, foram à delegacia para levarem o caso a termo, conforme a narrativa do B. O. nº 610/2011-PM.

HOMEM FURIOSO ESPANCA JOVENS NAS MALVINAS

           Consta no Boletim de Ocorrências nº 608/2011-PM, que o Sgt Enilson e sua equipe de policiais do 11º Batalhão saíram para atender a uma ocorrência, onde uma das vítimas, a jovem Valberlene S. C. (18 anos), disse aos policiais que Uenderson S. S. (22 anos), invadiu sua casa, na Passarela D. Pedro II, e depois de agredi-la fisicamente, a levou forçosamente até o bairro Malvinas, violando também o domicílio de Cleidiane V. G. (24 anos), depois de empurrar violentamente Valberlene para o interior daquela casa.
           Segundo a primeira vítima, o agressor disse que ela iria presenciar uma traição que estava ocorrendo naquele momento, e por haver cumplicidade entre as duas, a estava agredindo.
           Cleidiane disse ainda, que além de agredir brutalmente as duas vítimas, o agressor jogou fora uma requisição para exame de corpo de delito, referente a uma agressão anterior, ocorrida no dia 22 de outubro de 2011.
           Segundo o registro dos policiais, uma das vítimas apresentava lesões visíveis no pescoço e em outras partes do corpo.
           E por todo esse episódio, as partes foram levadas e apresentadas ao delegado para as providências inerentes ao caso.

CICLISTA É ATROPELADO POR MOTO EM LARANJAL DO JARI

Acidente entre moto e bicicleta, no Agreste
           Neste domingo, 23 de outubro de 2011, por volta das 20h15min, ocorreu um acidente de trânsito, no cruzamento da Avenida Tancredo Neves com a Rua Vitória Régia, bairro Agreste.
           Uma viatura policial, comandada pelo Sgt Enilson foi ao local e obteve a informação de que a motocicleta Honda Titan, de placa NFA 3222, conduzida por Manuel S. C. (32 anos), trafegava na Avenida Tancredo Neves; com os faróis apagados, segundo os populares que ali se encontravam.
            Segundo Jucidney L. B. (28 anos), condutor de da bicicleta envolvida no acidente, o homem, além de não acender as luzes do veículo, não apresentava condições para dirigir, pois estava visivelmente embriagado.
            Os policiais realizaram os procedimentos de rotina, e os bombeiros conduziram ao Hospital Estadual de Laranjal do Jari, a Sra. Ricleuda S. R. (34 anos), passageira da bicicleta, que durante o impacto, sofreu algumas lesões pelo corpo.
            E por não possuir CNH, nem apresentar condições de lucidez para conduzir aquele veículo, o homem levado à delegacia para que o fato seja devidamente apurado, e as providências sejam tomadas, conforme as narrativas do B. O. nº 607/2011-PM.

HOMEM É FERIDO A PERNAMANCADAS

           No centro da cidade de Laranjal do Jari, ocorreu, neste domingo, 23 de outubro de 2011, uma contenda, onde um dos envolvidos, de nome Sidney L. S. (33 anos), é acusado por Oziel T. S. (31 anos), vulgo “Monalisa”, de tê-lo lesionado no braço direito e na mão esquerda.
           De acordo com as informações prestadas por “Monalisa”, uma discussão entre as partes evoluiu para vias de fato, culminando com o acusado pegando uma pernamanca, e desferindo várias pancadas, causando-lhe as lesões.
           Por esse feito as partes foram levadas à delegacia a fim de narrarem suas versões ao delegado, conforme os dados do B. O. nº 606/2011-PM.

IDOSO ROUBA COMÉRCIO NO AGRESTE


Domingos, acusado de roubar o Comércio

           Foi preso, neste domingo, 23 de outubro de 2011, o maranhense Domingos Mota Carneiro (69 anos), sob a acusação de ter subtraído de um comércio localizado no cruzamento da Avenida Tancredo Neves com a Rua Vitória Régia, um fardo de carvão e 1 Kg de farinha de mandioca.
           A equipe policial comandada pelo Sgt Carlos Neto atendeu à ocorrência, e lá, encontrou com o infrator, a faca usada no crime e o material roubado.
           Segundo a vítima, Renato O. M. (23 anos), o infrator usou a faca para reduzir sua capacidade reativa e, que temendo ser perfurado pela arma, não reagiu, chamando a polícia somente depois que o homem saiu do comércio.
            Os policiais, depois de imobilizarem o homem, o levaram à delegacia para que seja ouvido pela autoridade responsável pelo caso, conforme as citações do B. O. nº 605/2001-PM.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

NEGÃO É ACUSADO DE LESIONAR FATALMENTE MENOR



Negão, investigado como suspeito das lesões que mataram Isack
           Compareceu no quartel da Polícia Militar, em Laranjal do Jari, o Sr. José Raimundo Soeiro, e informou aos policiais de serviço, que seu filho, o menor de 14 anos, Izack Soeiro, foi assaltado, por volta das 20h00min de quinta-feira, 20 de outubro de 2011, e que durante a ocorrência,  o meliante lhe roubou um telefone celular, e não conformado com o fato de o menor não ter mais nada a oferecer, o esfaqueou atingindo órgãos vitais.
           Contou-nos, ainda aquele pai, que seu filho foi levado ao Hospital Estadual de Laranjal do Jari e, embora os médicos tenham envidado todo esforço possível, ele não resistiu ao ferimento e faleceu na manhã desta sexta-feira, 21 de outubro.
           Segundo ele, o suspeito do crime é um homem conhecido pela alcunha de “Negão”, o reconhecendo entre as fotografias mostradas nos arquivos do 11º Batalhão, como sendo Rômulo Xavier Castro vulgo "Alma Negra".
           Entretanto, a pesquisa feita pelo 11º Batalhão, mostrou que o homem reconhecido pelo pai do menor como sendo o infrator, já se encontra preso no IAPEN,  cumprindo pena por outros crimes, e, neste sábado, por volta das 12h00min, veio ao Comando do Batalhão, a Sra. Gracineide Marques da Silva, mãe de um Jovem de nome Erivaldo da Silva Mendes, conhecido pela Alcunha de "Negão" e, mostrada a ela uma cédula de identidade que populares disseram que o autor das lesões em Isack deixou cair durante a fuga, ela, a mãe o reconheceu como sendo seu filho, porém, disse ao Comandante Ludfrankson que a cédula de identidade é um documento falso, que foi obtido por ele, sem seu consentimento ou autorização. disse ainda, que o adolescente falecido no episódio é sobrinho de seu atual companheiro; tendo ela que vivenciar o fato de ter um filho suspeito e um companheiro parente da vítima. Por isso, clama por justiça, mesmo que o culpado seja seu filho.
            Equipes policiais foram deslocadas, na tentativa de encontrar o infrator, mas até o momento, ainda não obtiveram êxito, entretanto, as buscas continuarão até que ele seja capturado e levado à autoridade para as providências legais.
(Notícia corrigida após as informações da mão de "Negão")

BOPE E 11º BATALHÃO REALIZAM OPERAÇÃO NO VALE DO JARI


           Em uma operação conjunta, realizada pelo BOPE e o 11º Batalhão, foram presas sete pessoas, a partir do amanhecer desta sexta-feira, 21 de outubro de 2011.
           A operação contou com o respaldo do Juizado da Comarca de Vitória do Jari e do Ministério Público, cujos mandados de prisão, busca e apreensão, foram expedidos, com base nas informações dadas às autoridades sobre os crimes praticados em Laranjal e Vitória do Jari.
           A incursão, que teve à frente o Tenente-Coronel Ludfrankson, Comandante do 11º Batalhão e o Major Cavalcante, do BOPE, iniciou na quinta-feira e teve desfecho na manhã desta sexta-feira, culminando com a ação policial, onde foram presos, um homem em Macapá, cinco em Vitória do Jari e dois em Laranjal do Jari.
           Segundo os dados coletados, todos os envolvidos fazem parte de uma rede de tráfico de entorpecentes, atuante aqui, no Vale do Jari, com ramificações em outras cidades.
            Durante a operação, foram presos em flagrante, em Vitória do Jari: Eliseth Mendes de Lima (49 anos) e Daniel Pereira da Silva (63 anos), tendo consigo cerca de meio quilo de uma substância (supostamente cocaína), cerca 20 cartuchos de munição 9mm (intactos), duas balanças de precisão, vários aparelhos celulares, várias motocicletas, gaiolas com pássaros silvestres e mais de 7 mil reais em dinheiro, além de alguns aparelhos de TV, todo material, supostamente obtido por meios ilícitos.
            E, em cumprimento aos mandados de prisão, foram capturados, em Laranjal do Jari: Antonio José da Silva, vulgo “Japecanga” e Maria Raimunda Botelho Souza; em Vitória do Jari: Izanildo de Jesus Bastos Barbosa, Vulgo "Ventania", Daniel Lima dos Santos e o policial militar, Cabo D. Ferreira; em Macapá, foi preso o policial militar, Sd Valdemiro, conhecido pela alcunha de “Gibi”.
            Outras pessoas, com mandado de prisão em aberto, continuam sendo procuradas e, a qualquer momento serão capturados pelos policiais, segundo as informações prestadas pelo comando da Operação, cujo objetivo é levar a termo o tráfico de entorpecentes no Vale do Jari.

PREFEITURA E PM LEVAM À DELEGACIA MOTOTAXISTAS CLANDESTINOS

           Na manhã desta sexta-feira, 21 de outubro de 2011, equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Laranjal do Jari, realizaram uma operação, com a finalidade de notificar e apreender “Mototaxistas Clandestinos”, atuantes na cidade.
           Durante a Blitz, o grupamento conseguiu notificar e apreender por exercício ilegal da profissão, vários motociclistas, entre eles:
           1) William Vasconcelos Ferreira (20 anos), natural de São Luís, Maranhão;
           2) Raymilson dos Reis Saraiva (20 anos), natural de Almeirim, Pará;
           3) Mário Antonio da Silva (42 anos), natural de Luzilândia, Piauí;
           4) Geová Silva Nascimento (38 anos), natural de Santa Inês, Maranhão;
           5) João Batista Félix da Silva (29 anos), natural de Paranaíta, Mato Grosso;
           6) Erivan Santana de Lima (35 anos) natural de Almeirim, Pará;
           7) José Maria Gomes Filho (36 anos), natural de Pedra Branca do Amapari, amapá;
           8) Moabe Pinto de Oliveira (30 anos), natural de Almeirim, Pará e;
           9) Antonio Simeon Sousa Silva (22 anos), natural de Augustinópolis, Tocantins.
           Todos eles foram conduzidos à delegacia, pelo Sgt Fialho e sua equipe, a fim de ser, devidamente registrada a infração cometida e atribuída a responsabilidade, conforme as citações dos Boletins de Ocorrências da Polícia Militar.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

MISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO FAMILIAR



            As cidades do Vale Jari, especialmente, Laranjal e Vitória, têm hoje o desprazer de, entre outras mazelas, ser “Rota do tráfico de drogas”, e o resultado disso é preocupante, tanto para os responsáveis pela aplicação da Lei, como para a sociedade em geral.
            Aqui, no Vale do Jari, já computamos desde janeiro do ano corrente, 14 apreensões, e no cômputo geral, verificamos a presença de jovens em quase 100% dos casos.
           Um estudo feito pelo IBGE com adolescentes de idade entre 13 e 15 anos, já em 2009, revelou que, em 60.973 alunos das 1.453 escolas pesquisadas das capitais brasileiras, mais de 70% disseram que já experimentaram bebida alcóolica, 24% já fumaram cigarros e 9% já usaram algum tipo de droga.
           Nesse mesmo diapasão, a leitura que fazemos de Laranjal do Jari, não distorce muito da Capital (Macapá), pois mesmo com a fiscalização atuando mais frequente, ainda é possível encontrar em bares, casas noturnas e em festas particulares, adolescentes, pelo menos, bebendo e fazendo sexo precocemente, e é possível que também façam uso de substâncias entorpecentes. Então, é preciso estar atento a quem fornece, vende, ou facilita a compra ou presta esses serviços.
           Por outro lado, a família tem o dever de estar mais presente na vida dos filhos, as escolas precisam dispensar atenção especial e a comunidade, quebrar o silêncio e denunciar as ocorrências às autoridades, em nome dos cidadãos das gerações futuras.
           Nossas observações levam a crer que, se não agirmos rápido e com rigor, perderemos, não somente o controle sobre a educação dos filhos, mas eles próprios; a exemplo de alguns lares desfeitos, em razão da dedicação integral da vida dos pais ao trabalho. Em muitos casos, os filhos são criados pelas pessoas que trabalham nas residências, ficando a educação deles terceirizada, chegando ao ponto de muitos atos seus nos serem estranhos.
            Então, que tal sairmos para jantar em família; Fazer perguntas sobre o que aprendem, o que gostam de fazer nos momentos de lazer da escola; os jogos que costumam usar; falar sobre os amigos, e observar como se comportam em situações diversas?
           Embora creia na possibilidade de um comportamento desviante, em qualquer família, continuo trilhando esse caminho, como forma de, pelo menos conhecê-los melhor, a fim de evitar futuras surpresas, às vezes desagradáveis.

AVÓ ACUSA ANCIÃO DE ABUSO À SUA NETA

           Informou uma solicitante, ao telefone 190, que na manhã desta quinta-feira, 20 de outubro de 2011, por volta das 09h28min, um morador da Rua das Orquídeas, no bairro Sarney, de iniciais L. G. F. (83 anos), estaria levando uma criança de iniciais M. V. C. M. (09 anos), para dentro de seu terreno, fazendo-lhe ofertas e, pedindo-lhe que o beijasse.
           Diante da atitude suspeita, um tio da criança, de 17 anos, avisou sua avó, que de imediato interviu, evitando que a menor fosse levada pelo ancião.
           Segundo a denunciante, o homem já estava em vias de levar a criança por uma passagem no cercado, que dá acesso a seu terreno.
           Diante da acusação, testemunhada pelo tio, a equipe policial comandada pelo Sgt Iran Soares, conduziu as partes à delegacia da Infância e da Juventude, para fins de apuração do fato imputado ao homem, conforme os dados consignados no B. O. nº 585/2011-PM.

MENOR ACUSADO DE FURTO É SURRADO EM VIA PÚBLICA

Max Deivid, acusado de agressão ao menor
           Na noite desta quarta-feira, 19 de outubro de 2011, por volta das 22h00min, populares ligaram para a Emergência Policial de Laranjal do Jari, informando que na Rua Emílio Médici, se encontravam alguns homens brigando.
           A viatura comandada pelo Sgt Enilson foi até o local e, lá, encontrou R. S. P. (17 anos), que disse aos policiais que fora agredido por Max Deivid C. A. (21 anos), que lhe acusava de ter furtado um cordão de ouro.
           A equipe policial realizou uma diligência à casa do agressor e, lá, ele assumiu a denúncia, explicando que o motivo da agressão era, realmente, o fato de o menor ter subtraído furtivamente seu cordão de ouro.
           Segundo o menor, a agressão contou com a participação de outras pessoas, que em concurso, aplicaram-lhe a “Sova”.
           E, tendo em vista a ilegalidade de fazer justiça com as próprias mãos, o agressor e a vítima foram levados à presença do delegado para que apure e, à luz da legislação, tome as providências inerentes ao caso; conforme consta no B. O. nº 584/2011-PM.

MOTOCICLISTA NA CONTRAMÃO PROVOCA ACIDENTE


           Ocorreu, nesta quarta-feira, 19 de outubro de 2011, no cruzamento da Rua Goiás com a Avenida Brasil, um acidente de trânsito, com vítima, envolvendo a motocicleta Honda CG 125, de placa OFK 2677, conduzida por Ismael Carlos N. N. (21 anos), e outra motocicleta, de placa NEM 0921, conduzida por Adelmo P. R. (32 anos).
           Nos dados consta que Ismael trafegava na Avenida Brasil, e que Adelmo estaria na contramão de direção, dirigindo seu veículo na Rua Goiás, provocando o abalroamento.
           No acidente Ismael ficou ferido, sendo posteriormente levado ao Hospital pelo Corpo de Bombeiros, mas antes de ser socorrido, ao ver os policiais, fingiu ter perdido os sentido, e ao ser interrogado declinou, pelo menos três nomes diferentes. e como também não portava CNH, foi convidado a dar explicaçòes ao delegado de plantão, na DEPOL de Laranjal do Jari.
           A Polícia Técnico-científica foi acionada para periciar o local, para fins de responsabilização pelos danos materiais e para a análise de vitimização, de acordo com as informações registradas no B. O. n 583/2011-PM e no BOAT nº 083/2011-PM.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

LADRÕES DE CHEQUES SÃO PRESOS EM LARANJAL DO JARI

Os Acusados do crime e os cheques furtados
           Uma equipe policial, componente da viatura 1909, comandada pelo Sgt Carlos Neto, foi acionada por um solicitante, que informou pelo telefone 190, que foi vítima de um furto na comunidade de Iratapuru e, que saindo à procura do autor do delito, o encontrou na Rua Rio Jari, nas proximidades do Quartel da Polícia Militar.
           Chegando lá o Sgt Carlos Neto falou com a vítima que lhe narrou o fato, acusando Jadson C. R. (27 anos), de estar com a posse de três cheques furtados dele. O acusado confirmou aos policiais o fato, apresentando os cheques, dizendo a aqueles agentes da lei que os conseguiu com Éder S. V. (também com 27 anos), dando outro cheque para Márcio Roberto P. N. (26 anos), que disse ter ido até o Banco do Brasil e sacado a quantia em dinheiro de 3 mil reais.
           Segundo o denunciante, um dos cheques encontrados continha sua assinatura, e estava preenchido com o valor de 400 Reais, os demais, estavam assinados em branco, mas o queixoso disse que as assinaturas eram falsificadas, inclusive a que os infratores sacaram no Banco de Monte Dourado.
           A ocorrência foi atendida por volta das 10h00min desta quarta-feira, 19 de outubro de 2011, e ante as circunstâncias que se apresentaram, os envolvidos no episódio foram todos levados à presença da autoridade policial civil, para as providências decorrentes, conforme os dados consignados no B. O. nº 582/2011-PM.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

BIKE ROUBADA É VENDIDA POR VINTE REAIS


Adonias e a Bicicleta furtada
           Na tarde desta terça-feira, 18 de outubro de 2011, por volta das 14h33min, uma pessoa informou ao atendente da Central de Operações do 11º Batalhão, que um meliante havia roubado sua bicicleta por volta das 11 horas, na Rua Goiás, em frente a um supermercado, e que, ao ver o infrator passar por aquela via pública, o reconheceu, solicitando ajuda a populares que ali se encontravam, para detê-lo até a chegada da Polícia Militar.
           A equipe comandada pelo Sgt Enilson foi até o local, onde encontrou Adonias S. P. (22 anos), que confessou ter furtado a bicicleta de Edinoele S. (29 anos), acrescentando que a vendera a um amigo seu, morador do bairro Santarém.
           Guiando os policiais até a casa do receptador, W. F. A (17 anos), os policiais obtiveram, através de seu pai, a informação de que seu filho, realmente havia comprado uma bicicleta pela quantia de R$ 20 Reais (preço promocional, do ladrão para o receptador).
            E como seu filho, menor de idade, não se encontrava na casa, o autor do furto foi levado à delegacia, ficando o pai do menor, incumbido de apresenta-lo posteriormente na delegacia para fins de esclarecimento do caso, conforme, narra o B. O. nº 580/2011-PM.

HOMEM INVADE DOMICÍLIO DA EX-NAMORADA E A ESPANCA


           Por volta das 15h45min, desta terça-feira, 18 de outubro de 2011, a equipe componente da viatura 4511, comandada pelo Sgt Enilson, deslocou até a Passarela 1º de Junho, para atender a um chamado ao telefone 190; e lá, a vítima, Mariana M. S. (29 anos) narrou aos policiais que teve sua casa invadida por Aldemir R. N. (36 anos).
           Disse ainda aos policiais que fora namorada do invasor por algum tempo e, não mais desejando continuar o relacionamento, separou-dele, porém, ele continua nutrindo um sentimento de “posse”, que não permite que ela tenha outro namorado, resultando em agressões físicas e verbais, a exemplo desse fato.
           Segundo as informações da vítima, ela foi agredida com “socos” no rosto, cujos hematomas podiam ser vistos, chutes no abdômen e nas costas, além de bater várias vezes a cabeça dela numa pia da casa onde mora.
           Ao saber o endereço do agressor a viatura saiu à sua procura, o encontrando nas proximidades de sua casa, onde foi reconhecido pela vítima, que solicitou providências.
           O homem foi levado à presença do delegado para fins de apuração do fato, conforme os dados do Boletim de Ocorrência nº 581/2011-PM.

ACIDENTE COM VÍTIMA PARCIAL NA RUA PROGRESSO


           Na tarde desta segunda-feira, 17 de outubro de 2011, por volta das 14h00min, a viatura policial tripulada por policiais sob o comando do Sgt Silva Rocha, foram chamados para atender a uma ocorrência de trânsito com vítima parcial.
           O fato aconteceu na Rua Progresso, no bairro Agreste, tratava-se de uma colisão entre o automóvel Fiat Uno Mille, de placa NEP 0575, conduzido por Renivan T. S. (28 anos), e a motocicleta Honda CG 125, de placa NEU 6656, conduzida por Maia R. A. R. (42 anos), ambos habilitados.
           Os veículos sofreram apenas danos materiais de pequena monta, porém, o condutor da motocicleta saiu ferido no pé, sendo socorrido por populares, que o levaram ao Hospital Estadual de Laranjal do Jari para os cuidados médicos.
           Segundo informações obtidas junto aos condutores, o fato se deu durante uma ultrapassagem, quando um terceiro veículo deslocava-se em sentido contrário; por isso, o apressado condutor não conseguiu voltar a tempo para sua mão de direção, provocando o acidente.
           O caso foi comunicado à POLITEC, que enviou os peritos para analisarem a culpabilidade pelo sinistro, conforme os dados do BOAT nº82/2011-PM.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

HOMEM É DETIDO POR CONDUZIR VEÍCULO SEM CNH

           Por volta de 00h45min, deste domingo, uma viatura policial comandada pelo Sgt Enilson, abordou em via públicaWilton V. F. (19 anos), e ao solicitar os documentos de porte obrigatório, o Condutor disse ser habilitado.
           Durante a conversa preliminar com os policiais militares, o jovem condutor confessou não ser habilitado, razão que levou os policiais a o conduzirem à delegacia a fim de ser apresentado ao delegado de plantão, para fins de responsabilização pela infração de trânsito, conforme os dados consignados no Boletim de Ocorrências nº 577/2011-PM.

MALÁRIA É PRESO POR DESCUMPRIR MANDADO

           Na madrugada desta segunda-feira, durante uma ronda ostensiva, no bairro Malvinas, a equipe policial comandada pelo Sgt Carlos Neto, encontrou em atitude suspeita, José Agnaldo Brito de Moraes, conhecido pela alcunha de "Malária".
           Segundo as informaçõees contidas no Boletim de Ocorrências, Malária contrava-se na companhia de outros homens e, ao ver a viatura se aproximar tentou escapar, pois está cumprindo pena pena, que o impede de permanecer fora de casa, após as 19 horas, em razão de processo em trânsito, pelo crime previsto no artigo 121, parágrafo 2º.
           O homem foi levado à delegacia para as providências leagais, conforme a narrativa do B. O. n 579/2011-PM.

CRIME PASSIONAL NO FIM DE SEMANA


           O Tenente Braga, de serviço no 11º Batalhão, em Laranjal do Jari, recebeu neste domingo, por volta das 23h20min, uma chamada, telefônica, na Central de Operações, dando conta de que havia ocorrido um homicídio, na Rua José Cesário, bairro agreste.
           Duas equipes policiais foram designadas para atenderem à ocorrência, e lá constataram que Marinelson dos Santos Moreira (32 anos), conhecido pela alcunha de “Xixa”, foi ferido fatalmente por Marcelo S. Born, que fugiu para lugar incerto e não sabido; não tendo sido capturado até o momento.
           O fato foi testemunhado por seu enteado, S. A. M. (14 anos), que narrou o fato aos policiais e, afirmou que o caso tem origem passional.
           Segundo as informações obtidas, a vítima trabalhava em um sítio, Macapá, no quilômetro 12 da Rodovia BR 156, e teria vindo a Laranjal do Jari a pedido de sua ex-companheira, Fabiana A. M. que prometera entregar-lhe os filhos. Ao chegar na casa, o atual companheiro de Fabiana, discutiu com ele e, o feriu mortalmente.         
           O fato foi comunicado ao Delegado de Polícia Civil, para fins de investigação, conforme os dados informados pelo Oficial de área da Polícia Militar/Jari.

domingo, 16 de outubro de 2011

MARIDO AMEAÇA ESPOSA NA PRESENÇA DOS FILHOS

          Neste sábado, dia 15 de outubro de 2011, por volta de 00h10min, um solicitante fez uma              ligação para a Central de operações do 11º Batalhão, loteamento Cajari, Valdinei L. R. (31 anos) estava ameaçando de morte Maria S. S. L. (35 anos); disse ainda, o denunciante que, a vítima foi ameaçada na presença dos filhos, que temendo o agressor, foram procurar abrigo na casa de sua avó, que mora nas proximidades.
           O caso foi atendido pela equipe policial comandada pelo Sgt Silva rocha que depois de capturar o homem enfurecido, o conduziu à presença do delegado de serviço na Delegacia de Laranjal do Jari, conforme os dados do B. O. nº 574/2011-PM.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU DO SOSSÊGO ALHEIOS

           Aqui na cidade de Laranjal do Jari, a Polícia Militar tem atendido a tantas ocorrências tipificadas como Perturbação do trabalho ou do sossego alheios, que já transformou essa Contravenção Penal em campeã de chamadas, na estatística do 11º Batalhão.
           Bem sabemos que a quantidade de ruídos, fumaças e sons é essencial para a convivência saudável do ambiente, como sabemos que o direito ao sossego é correlato ao direito de vizinhança, e está diretamente ligado à garantia de saúde, prevista em vários diplomas legais brasileiros (Constituição Federal, art. 225, CTB e nos Códigos de Postura dos municípios).
           Tendo a audição como um dos sentidos mais valiosos, uma vez que nos informa de tudo que acontece ao nosso redor, mesmo fora do campo visual, é que a Lei das Contravenções Penais (Decreto-Lei nº 3.688/1941) no seu artigo 42 estabelece pena de prisão para aquele que “perturbar o trabalho ou o sossego alheios: com gritaria ou algazarra; exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais; abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos; provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda”.
           Do mesmo modo, a Lei Ambiental pune com pena de prisão o crime de poluição sonora, segundo seu art. 54, que diz: “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”.
           O novo Código Civil Brasileiro, que passou a vigorar em janeiro de 2003, também prevê o direito ao sossego no seu art. 1277, e nem exige demonstração do dano à saúde, basta o mero transtorno para a aplicação da Lei.
           Quanto aos carros, equipados com som de alta frequência, poderá pagar multa de R$ 127,69, e perder cinco pontos na CNH, além de ter o carro retido para regularização.
           A previsão legal está na Resolução 204 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que regulamenta o Artigo 228 do Código de Trânsito Brasileiro; observemos que o CONTRAN define como limite máximo 104 decibéis, medidos à distância de meio metro do carro; para os bares, boates, serrarias, Igrejas etc, a previsão está na Lei ambiental, que tabela como limite máximo 65 decibéis.
           Portanto, se você estiver sendo molestado por esse tipo de ocorrência, não hesite, ligue para o telefone 190 e denuncie, policiais e Guardas Ambientais estão de serviço com equipamentos para atendê-los, em Laranjal do Jari.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

POPULARES EVITAM TRAGÉDIA FAMILIAR NO BOM JESUS

           Segundo os dados do Boletim de Ocorrências nº 573/2011-PM, por volta das 08h00min, uma equipe policial comandada pelo Sgt Silva Rocha foi acionada para atender a uma ocorrência, onde a Vítima, Rafaela A. A. (20 anos de idade), contou aos policiais que nesta manhã de quinta-feira, 13 de outubro de 2011, seu irmão, Rafael A. A. (22 anos de idade), foi até sua residência, e lá, armado de uma faca e aparentemente embriagado, atentou contra sua vida, perseguindo-a por toda a casa e Avenida Jânio quadros, Bom Jesus.
          Disse, ainda, a denunciante, que só não houve um fratricídio porque populares que ali se encontravam, travaram luta corporal com seu caçador, apossando-se de sua arma.
           Com a chegada dos policiais, o jovem foi imobilizado e encaminhado à delegacia para explicar ao delegado as razões de seu comportamento nocivo.

MP DE VITÓRIA DO JARI PROMOVE CRIAÇÃO DE CONSELHO DE SEGURANÇA

Reunião das Lideranças, políticos, policiais e o MP
           Preocupado com a segurança pública na cidade de Vitória do Jari, o Ministério Público, através de seu Promotor de Justiça, Doutor Wueber Penafort, reuniu as autoridades responsáveis pela aplicação da Lei na cidade, para juntamente com as comunidades e seus representantes, discutissem as principais necessidades nesse tema.
           O Promotor, durante a reunião, disponibilizou total apoio para a criação do Conselho Comunitário de segurança, cuja finalidade é compartilhar políticas e estratégias usadas pelos policiais na solução de problemas.
           O Comandante do 11º Batalhão apresentou aos presentes, o que é um Conselho de segurança e seu funcionamento, além de enfatizar a importância da participação popular na busca da tranquilidade pública.
           O Vereador Alex, em seu discurso, fortaleceu a caminhada na busca de meios para a elaboração do estatuto e a eleição do Conselho.
           Com esse feito, acreditamos que termos mais força para solicitar das autoridades, solução aos casos de insegurança, cada vez mais presentes na cidade de Vitória do Jari.
           Em suma, uma cidade no nível de vitória do Jari, segundo a análise do Comandante Ludfrankson, ainda é fácil minimizar as ações delinquentes, em todos seus aspectos: sejam eles Grupos e rua (gangues), tráfico, prostituição infantil ou quaisquer outras de menor potencial ofensivo; o que importa é, simplesmente, a população manter acesa a chama do desejo de retirar do seu seio qualquer desvio de comportamento social; os recursos serão captados a partir da coesão da comunidade.
           Vamos, então, nos unir e fortalecer esse projeto inovador, e certamente, teremos uma cidade em que nossos filhos poderão correr nas passarelas ou nas ruas sem serem molestados, nossos professores poderão sair a pé para seus bairros sem sujeitarem-se a pagar pedágios e nossas galinhas poderão travessar os quintais dos vizinhos sem correr o risco de ser devoradas.

Aguardem, a convocação do Promotor e compareçam!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

HOMEM ALCOOLIZADO AGRIDE MULHER NAS MALVINAS E VAI PRESO

           Atendendo a um chamado de urgência, no bairro Malvinas, uma equipe policial comandada pelo Sgt Silva Rocha, foi ao encontro de H. C. S. (26 anos), que narrou aos policiais que sofreu agressão moral e física, cujo agente causador foi seu companheiro convivente, Carlos Augusto M. A. (38 anos).
           A vítima apresentava vários hematomas e escoriações pelo corpo, e disse aos policiais que ele é contumaz em praticar esse feito, a cada vez que toma bebida alcóolica; e aproveitando o feriado, ele saiu para tomar algumas cervejas, resultando no fato citado pela mulher agredida.
           Ao saber da vinda dos policiais, o acusado, segundo populares, que testemunharam o fato, saiu correndo velozmente pelas pontes das Malvinas, somente sendo capturado, após várias incursões pelas passarelas circunvizinhas ao local do delito.
           O fato ocorreu por volta das 16h01min, na Passarela Toca da Raposa, nas Malvinas; e o homem foi levado à delegacia para que o delegado apure e esclareça o fato, conforme o B. O. nº 570/2011-PM.

HOMEM É FERIDO A ESTOCADA EM MONTE DOURADO

           Nesta quarta-feira, dia 12 de outubro de 2011, por volta das 07h30min, a Central de Operações do 11º Batalhão, recebeu uma ligação denunciando uma ocorrência, cuja natureza dava conta de uma tentativa de homicídio, onde a vítima teria sido furada com um “estoque”. O denunciante disse, ainda, que a autora do fato delituoso estaria fugindo pela Avenida Tancredo Neves.
           Uma equipe policial comandada pelo Sgt Enilson deslocou-se em diligência para encontrar a autora do fato, a abordando na Rua Rio Jari.
           A acusada, Edna A. O. (26 anos), narrou ao Sgt Enilson que fora agredida por José Roberto S. C. (35 anos), atrás da igreja de Monte Dourado, e que, em revide, apanhou um objeto pontiagudo e perfurou seu atacante, que ao ser hospitalizado em Laranjal do Jari, apresentava várias lesões na região dos joelhos e braços, possivelmente provocados por instrumento perfurante, e uma mordida na região torácica.
           E por não estar em condições de prestar informações aos policiais militares, a história foi contada por um amigo seu, que o socorreu após os ferimentos.
           A jovem acusada de causar as lesões no homem foi apresentada na delegacia para os procedimentos que o caso requer, segundo as citações do B. O. nº 569/2011-PM.

TENTOU MATAR MULHER E SOGRO E ACABOU NA DP


           De acordo com os dados registrados no Boletim de Ocorrências nº 568/2011-PM, Francisco W. L. A. (26 anos), chegou à casa de Uilson L. V. (50 anos), armado com uma faca, ameaçando de morte sua filha, I. A. V. (20 anos), e o próprio sogro, que ligou para o telefone de emergência da Polícia Militar, solicitando auxílio e socorro.
           A equipe comandada pelo Sgt Enilson, de serviço na região do bairro Santarém, onde ocorreu o fato, por volta de 00h30 min, deste dia 12 de outubro, foi até o local (Passarela Santana), e lá encontrou o raivoso homem, que já havia entregado a faca a um cidadão que ali se encontrava e interviu na ação do infrator.
           Ainda com os ânimos exaltados, Francisco continuou ameaçando a esposa e o sogro de morte, na presença dos policiais, cujo Comandante, iniciou uma verbalização com ele, passando a ser ofendido com palavras de baixo calão.
            E, ante o risco iminente de alguém sair ferido, em consequência da ira que possuía aquele homem, a guarnição policial, imediatamente, o imobilizou e, algemado ele foi conduzido até a delegacia de polícia civil, para que o delegado possa ouvi-lo na forma da lei.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

PRESO ACUSADO DE HOMICÍDIO NAS MALVINAS

Cleiton, acusado de matar "Vadelo" nas Malvinas.
              Uma equipe policial comandada pelo Sgt Carlos Neto, ao realizar patrulhamento nas ruas de Laranjal do Jari, encontrou, homiziado em uma casa, na Passarela Principal do bairro Malvinas, Cleiton Nonato dos Santos (21 anos), que após um breve período foragido, decidiu voltar para seu local de origem.
           Quando interrogado, preliminarmente, pelos policiais militares, ele confessou ter sido o agente do homicídio que ceifou a vida de Elivaldo dos Santos Muniz, conhecido pela alcunha de “Vadelo”.
           E de posse de um mandado de prisão exarado pela autoridade judicial, foi declarado pelos policiais seus direitos legais e, lhe dada voz de prisão, onde ato contínuo, foi apresentado ao delegado de polícia civil, para fins de submissão aos rigores da lei, conforme narra o B. O. nº 566/2011-PM.

MENORES FORAGIDAS SÃO RECAPTURADAS

           Uma equipe policial componente da viatura 4511 encontrou uma adolescente de iniciais, C. B. S. B. (17 anos), na Avenida Tancredo Neves, por volta das 23h30min, desta segunda-feira, dia 10 de outubro de 2011.
           A narrativa do Boletim de Ocorrências nº 565/2011-PM, cita que ao avistar a viatura, a jovem, saiu velozmente, indo esconder-se atrás de uma casa, na Passarela São Miguel, e ao ser abordada, disse aos policiais que estava fugindo do abrigo de menores.
           Após o Comandante da guarnição, Sgt Carlos Neto, contatar a coordenadora daquela casa de custódia, obteve a informação de que havia um mandado de apreensão em desfavor da jovem, além de acrescentar que havia mais duas adolescentes foragidas, em lugar incerto e não sabido.
           A equipe policial foi à casa dos parentes das adolescentes, e conseguiu recapturar M. R. T. (14 anos) e A. G. M. (13 anos), que foram levadas à delegacia da infância e da juventude para fins de procedimentos legais, devidamente assistidas pela Coordenadora do Abrigo.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

HOMEM É PRESO COM DOCUMENTO FALSO

           Por volta das 11h30min, desta segunda-feira, durante um patrulhamento na Avenida Carlos Drummond de Andrade, uma viatura policial comandada pelo Sgt Enilson, foi chamada por uma moradora, de iniciais R. L. N. (25 anos), que alegava ter sido agredida por Samuel P. P. (32 anos), quando foi até sua casa a fim de cobrar uma dívida.
           Durante a ação policial o acusado alterou os ânimos, negando a acusação. E depois de contido pelos policiais, foi solicitado à esposa do acusado um documento que pudesse comprovar seus dados; sendo apresentada a aquele comandante, uma CNH que, ao ser consultada no sistema de Informações, não encontrado o número, ocorrendo uma suposta falsificação documental.
           E, tendo em vista estas circunstâncias, o homem foi levado à delegacia para fins de explicação ao Delegado, conforme os dados consignados no Boletim de Ocorrências nº 563/2011-PM.

MOTOCICLISTA IMPERITO TRAZ PERIGO A POPULARES

           Várias pessoas da comunidade ligaram para o telefone 190, nesta segunda-feira, por volta das 15h00min, para informar que nas ruas de Laranjal do Jari, um homem pilotava perigosamente sua moto.
           A equipe policial comandada pelo Sgt Enilson saiu pelas ruas e, nas proximidades da Balsa que faz a travessia do Rio Jari, encontrou Wanderlei L. R. (42 anos), que conduzia a motocicleta Honda XR 200R, de placa NEN 8533.
           A consulta feita ao site do DETRAN mostrou que o condutor não está habilitado, e, o teste feito com o etilômetro, apresentou índice superior ao aceito pelo CTB.
           Por essas razões, o homem foi levado à delegacia para ser ouvido pela autoridade policial civil, e serem tomadas as providências legais, conforme o Boletim de Ocorrências nº 564/2011-PM.

HOMEM É FLAGRADO TRANSPORTANDO DROGA

Meio quilo de Maconha apreendida
          Durante uma fiscalização policial, uma equipe comandada pelo Tenente Allan, encontrou, neste fim de semana, Leonir da Silva Stanger, portando aproximadamente, meio quilo de maconha prensada, em uma sacola plástica.
           O fato aconteceu na BR 156, próximo à localidade do Arapiranga, quando os policiais, que estavam de passagem naquela região, desconfiaram do cidadão, que ao avistar a aproximação da viatura policial, tentou, inicialmente, conseguir “carona” nos carros que por ali passavam, e não obtendo êxito, foi abordado pelos policiais, que encontraram a substância dentro da sacola que ele levava.
           Ao ser interrogado sobre o conteúdo daquela sacola, ele disse aos policiais que desconhecia, pois fora solicitado a, simplesmente, levar a encomenda e entrega-la a uma pessoa em Laranjal do Jari.
           E, em razão da situação flagrancial, Leonir foi levado à presença do Delegado, a fim de ser ouvido sobre o fato, conforme os dados registrados na Polícia Militar, e na Delegacia de Laranjal do Jari.

domingo, 9 de outubro de 2011

CELULAR SALVA MULHER, VÍTIMA DE AGRESSÃO

           A equipe policial comandada pelo Sgt Carlos Neto foi enviada ao centro da cidade, onde na Passarela 1º de maio, encontrou E. K. O. S. (21 anos), que disse aos policiais que fora ameaçada de morte por Sílvio A. L. (32 anos).
           Os policias desarmaram o homem, que naquela ocasião apresentava visíveis sintomas de embriaguez, e que disse aos policiais que sua intenção era, realmente, furar a vítima, que para defender-se atirou um telefone celular na testa do seu agressor, lesionando-o.
           O homem foi imobilizado com o uso de algemas e, posteriormente, levado à delegacia de Laranjal do Jari, onde deverá narrar sua história à autoridade policial civil, conforme contam os dados do B. O. nº 562/2011-PM.

HOMEM É PRESO AO TENTAR SUBORNAR POLICIAL

           Neste sábado, 08 de outubro de 2011, por volta das 23h45min, durante uma ronda ostensiva no bairro Malvinas, a equipe policial comandada pelo Sgt Carlos Neto, encontrou vários motociclistas reunidos, em atitude suspeita, nas proximidades do campo de futebol da Rua da Usina.
           Depois de inspecionar os condutores que ali se encontravam, observou que um dos motociclistas não portava a Carteira Nacional de Habilitação; e ao interrogar o grupo sobre o motivo da reunião, eles disseram que estavam tentando (textuais): “pegar um cara”, morador daquele logradouro.
           Ao informar que o motoqueiro imperito seria conduzido à delegacia, recebeu deste a oferta de R$ 55,00 (cinquenta e cinco reais), para ser liberado.
           O homem foi levado ao delegado, onde confirmou a tentativa de corrupção, e será ouvido sobre o fato, conforme os dados do Boletim de Ocorrências nº 561/2011-PM.

POLÍCIA PRENDE CASAL TRAFICANTE EM LARANJAL DO JARI

Quatro quilos e meio de Maconha prensada
O Casal junto à mercadoria apreendida
           Em uma ação conjunta realizada por policiais militares e civis de Laranjal do Jari, foram presos e flagranciados: ALEXANDRE LINO LEITE e sua companheira, MARIA RAIMUNDA BOTELHO SOUZA, por manterem em depósito, em sua residência, na Passarela 13 de junho, bairro Central e no Comércio que administram, na Avenida Tancredo Neves, cerca de 4,5 Kg de substância do tipo Maconha.
           Estava à frente da diligência, o delegado Wellington e sua equipe de policiais civis, apoiada pelos Sargentos Silva Rocha e Carlos Neto e suas respectivas equipes de policiais militares do 11º Batalhão.
          A prisão do casal infrator ocorreu neste sábado, dia 08 de outubro de 2011, por volta das 13h00min; e foram todos levados à carceragem da Central de Polícia de Laranjal do Jari, onde serão ouvidos durante a instauração do instrumento apuratório do fato.

sábado, 8 de outubro de 2011

BRIGA DE GANGUE ACABA EM APREENSÃO DE 13 ENVOLVIDOS

            Nesta sexta-feira, 07 de outubro de 2011, por volta das 16h58min, a equipe policial comandada pelo Sgt Carlos neto foi chamada para atender a um caso de rixa, onde dois grupos de rua estavam se confrontando, em plena Rua Rio Jari.
          Com a chegada dos policiais, os infratores se dispersaram, correndo em várias direções, conseguindo capturar 13 envolvidos no evento.
           Ao serem indagados sobre o motivo da peleja, falaram que tudo começou quando um membro do grupo rival dirigiu ofensas a ele, dizendo ter mantido relações sexuais com sua irmã.
           Entre os personagens da história, somente um era maior de idade: Valdeir A. C. (18 anos), os demais eram todos adolescentes, que foram assistidos pela Conselheira Tutelar Flávia Sidele, a fim de assegurar as medidas protetivas, conforme prevê a legislação brasileira.
           Os doze adolescentes foram apresentados na delegacia da Infância e da Juventude, e o envolvido maior de idade, foi levado à delegacia para serem ouvidos pelas autoridades policiais civis, conforme consta no B. O nº 558/5011-PM.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

RIVALIDADE RESOLVIDA A FACA


           








                            Por volta de 1h45min desta madrugada de sexta-feira (07/10), uma equipe policial comandada pelo Sgt Silva Rocha estava em patrulhamento pela Av. Tancredo Neves, bairro Centro, quando percebeu nervosismo em um transeunte que por ali passava, e tendo fundada suspeita, o homem foi parado para averiguação.
             No momento da abordagem, João Batista Pinto de Lima (33 anos) lançou ao chão uma faca ainda com vestígios de sangue, ao mesmo tempo que uma multidão no seu encalço o acusava de ter desferido uma facada em W. C. C. (21 anos). Testemunhas do ocorrido informaram aos policiais militares que João estava em uma boate e desferiu, traiçoeiramente, uma facada nas costas da vítima, e em seguida empreendendo fuga, sendo perseguido por aqueles que presenciaram o fato. 
             A vítima após reconhecer seu agressor foi encaminhado aos cuidados médicos no Hospital Estadual de Laranjal do Jari, enquanto o acusado da lesão corporal foi apresentado na Delegacia, como consta no Boletim de Ocorrência nº 556/2011-PM.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

MARIDO AMEAÇA MATAR ESPOSA NO CAJARÍ


           A equipe componente da viatura 1909 deslocou-se até a Avenida Belém, bairro Cajari, por volta das 19h00min, onde atendeu a uma ocorrência, cuja natureza foi classificada como Violência Doméstica.
           A vítima, J. S. C. (27 anos), disse aos policiais que seu marido, F. G. D. (35 anos), a espanca costumeiramente, desde o início da união, mas somente agora, não mais suportando as agressões decidiu ligar para a polícia, pois ele, ao chegar em casa, segundo ela, quebrou seu telefone celular, a cobriu de “tapas” e “socos”, além de ameaçá-la de morte.
           Os policiais, depois de devidamente autorizados pela vítima, entraram na casa e conduziram à delegacia o acusado, a fim de esclarecer o episódio ao delegado, conforme o B. O. nº 555/2011-PM.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

11º BATALHÃO RECEBE NOVAS VIATURAS


                                                                                                   
                          Na manhã desta terça feira, 04 de outubro de 2011, o Governador do Estado, Camilo Capiberibe, fez a entrega solene de 29 viaturas para a Polícia Militar. Os novos carros serão usados no policiamento ostensivo, na capital e em algumas cidades do interior.
           Merece destaque especial a cidade de Laranjal do Jari, onde o Comandante, Tenente-Coronel Ludfrankson, conseguiu ter seu pedido atendido e, trazer mais duas viaturas, que serão utilizadas no policiamento comunitário, cuja Unidade deverá ser inaugurada brevemente, no centro da cidade.
        Em reunião com o Comandante Geral da Polícia Militar e o Deputado Estadual Balieiro, o Comandante do 11º Batalhão destacou a prioridade em implantar com urgência a unidade de Polícia Comunitária em Laranjal do Jari, em razão dos constantes fatos ocorridos na parte baixa da cidade. Enfatizou, ainda, que no Vale do Jari é essencial a existência de viaturas fluviais e, investimentos em equipamentos policiais, além do aumento do contingente, tendo em vista o início das obras da usina hidrelétrica e do linhão de Tucuruí, pelo grande número de pessoas que virão para essa região.

APREENSÃO DE DROGAS EM VITÓRIA DO JARI













            Foram apreendidos, nesta segunda-feira, por volta das 18h15min, na cidade de Vitoria do Jari, Jeremias T. S. (33 anos), Francisca S. M. F. (34 anos) e a adolescente D. L. P. (14 anos), quando se deslocavam em um carro para Laranjal do Jari. Com eles foram encontrados cerca de 213 gramas de “craque” e alguns objetos de origem indeterminada, entre eles, vários telefones celulares, vários aparelhos de Dvd, botijões de gás, etc.
             Os envolvidos no caso, juntamente com os produtos do possível crime, foram apresentados, pela equipe do Sgt Silva Rocha, na delegacia de Vitória do Jari, onde o delegado iniciou os trabalhos de apuração do fato, conforme o Boletim de Ocorrências nº 174/2011-PM.